Como entrar no mercado de venda de precatórios

Como entrar no mercado de venda de precatóriosVender precatório é uma prática importante para quem quer ganhar dinheiro em pouco tempo. No fim estes processos podem levar tempo para tornar-se realidade. e se você tiver presa e necessidade essa é uma das principais formas de levantar algum dinheiro.

O que é o calote dos Precatórios?

Antes de explicar como vender seu precatório, é importante explicar porque a venda é uma boa opção neste momento.

No final de 2021, foi aprovada a proposta de PEC dos Precatórios do governo federal. Segundo o governo o motivo seria o aumento dos gastos com programas sociais e o estabelecimento de um teto de gastos com os precatórios.

Os precatórios são uma obrigação pública, paga anualmente por ordem judicial, e como a PEC se estabelece um limite de pagamento por precariedade, alguns passaram a rotular a proposta de reforma constitucional como “inadimplência” da dívida.

Temendo uma possível inadimplência do governo, houve um aumento do interesse na venda desses títulos, que podem ser adquiridos por empresas especializadas (como a Addebitare) na compra e venda desse tipo de título.

Como vender precatórios

Para fazer isso, é importante ter uma empresa confiável que possa te ajudar e guiar nesse processo. Então uma boa alternativa é entrar em contato com a Addebitare.

Fazemos uma análise jurídica e te deixamos ciente de quaisquer concessões legais que possam ser aplicadas ao produto.

Qual valor é pago por um precatório

Os valores das propostas variam de acordo com as particularidades de cada precatório. Assim, os principais fatores que influenciam os critérios são os seguintes:

Natureza do crédito;

Ente devedor;

Ano de vencimento;

Valor total do crédito.

Como funciona a comercialização dos precatórios?

Como entrar no mercado de venda de precatóriosA comercialização dos precatórios, bem como outras operações de transferência de ativos judiciais, requer certos procedimentos.

Afinal, para que seja legal, você deve seguir as regras e ambas as partes devem estar cientes dos termos, veja os passos abaixo.

1) A proposta da empresa ao credor

Na primeira etapa, a empresa especializada no mercado faz a proposta ao credor. Assim, é um investimento de longo prazo, pois quem o adquirir lucrará o valor do título acrescido do deságio proporcional ao tempo de espera.

Uma vez que ambas as partes cheguem a um acordo o processo pode continuar. Portanto, o preço deve ser benéfico para ambos os lados do negócio.

2) Análise da documentação

A empresa que faz a intermediação entre as partes deve realizar uma análise da documentação para verificar se tudo está em ordem. Assim, para garantir a segurança do processo vários fatores de sequência devem ser levados em consideração.

3) Assinatura e transferência do título em cartório

Uma vez concluído o acordo, todas as partes devem concluir legalmente o processo Em seguida, você precisa assinar o termo de transferência para concluir o pagamento da venda.

No momento em que o dinheiro estiver disponível, o credor deve acusar o recebimento do dinheiro e, portanto, não é mais o proprietário do título.

De quanto é o deságio na venda de um precatório?

Cada transação é específica do negócio, portanto não há valor tabelado para usar como referência. No entanto, devem ser calculados com base nas propostas oferecidas pelos investidores, que devem levar em consideração fatores como:

Qual é a fonte devedora: municipal, estadual ou federal? Fim de ano? Valor total e possíveis correções. Natureza do crédito.

Todos os elementos mudam de acordo com o processo. Consequentemente, o que importa muito em um pode ter menos peso no outro.

É legal vender precatório?

Sim, a venda de precatórios municipais, estaduais ou federal é regulamentada por lei, na Constituição Federal. Assim surgiu a lei em 2009 como uma autorização específica para administrar a comercialização.

Antes não havia proibição, mas por desconhecimento legal não eram muito usuais. Mas desde que a lei foi aprovada, a venda tornou-se cada vez mais popular e até uma forma de diversificar a carteira de investimentos.

Quais são as diferenças entre os precatórios?

A principal diferença entre os precatórios é quem é o seu devedor, pois cada esfera possui um tipo de negociação. Em geral, a venda do precatório municipal é a que menos arrecada. Isso porque, na esfera pública, as cidades têm orçamentos menores e menos endividamento.

Comercialize seu precatório

Agora que você aprendeu a vender precatório, é hora de analisar se a transação é lucrativa ou não. Afinal, é uma alternativa atraente para um crédito rápido.

Para decidir se vale a pena. Você deve avaliar a lucratividade. Consequentemente, se você precisar urgentemente de um adiantamento ou dinheiro o mais rápido possível, esta é uma opção muito conveniente. Isso ocorre porque o processo pode levar várias décadas para ser concluído.

A Addebitare é especialista em compra de ativos judiciais.

O cadastro é gratuito em nossa plataforma, e você pode se manter atualizado com as Entre em contato e faremos uma análise do seu título. Estando tudo ok, você receberá  em até 48 horas após a assinatura do contrato.

Tags

Precatório

Compartilhe:

plugins premium WordPress